Mais de 400 famílias no semiárido baiano são equipadas pela Codevasf para enfrentar estiagem

Publicidade 2
Cerca de 430 famílias de produtores rurais, vinculadas a associações comunitárias dos municípios de Bom Jesus da Lapa, Central, Cotegipe e Wanderley, estão melhor estruturadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para conviver com a estiagem e melhorar a produção.
Elas acabam de ser equipadas com tratores e implementos, um investimento de mais de R$ 400 mil feito com recursos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por emendas parlamentares.
Ao todo, a Codevasf está investindo, somente na região do Médio São Francisco baiano, cerca de R$ 3 milhões, e garantindo 28 tratores igualmente equipados para associações comunitárias rurais e prefeituras de 17 municípios da área de atuação da 2ª Superintendência Regional, sediada em Bom Jesus da Lapa.
As entidades beneficiadas esta semana pela ação são a Associação de Desenvolvimento Comunitário do Município de Bom Jesus da Lapa, Associação Beneficente de Palmeiras, do município de Central; a Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais da Fazenda Rio Grande II, do município de Cotegipe; e a Associação Comunitária da Mata, do município de Wanderley.
“A Codevasf está cumprindo seu papel de desenvolvimento da região do Médio São Francisco baiano. É de fundamental importância possibilitar a melhoria de vida das comunidades ribeirinhas e toda a comunidade do semiárido, essa região tão sofrida. Sem sombra de dúvidas, é um grande avanço que essas comunidades terão na produção agrícola”, diz Harley Nascimento, superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa.
“O trator vai melhorar muito o nosso trabalho, tanto dos associados como da comunidade local, em tarefas como arar a terra, colocar grades e carregar nossa produção”, diz Orlandina Tarrão, presidente da Associação Beneficente de Palmeiras, do município de Central, que produz principalmente milho e mamona.
“Nós não tínhamos uma máquina para trabalhar e, com um trator como esse em nossas mãos, vamos poder produzir mais, fazendo com que a associação cresça. Nós vamos utilizar mais para arar as nossas terras”, ratifica Edivaldo Pomponet, presidente da Associação Comunitária da Mata, do município de Wanderley.
Os outros municípios a serem contemplados por esse tipo de ação na região são Baianópolis, Barra, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Central, Cotegipe, Irecê, Lapão, Oliveira dos Brejinhos, Paratinga, Santa Maria da Vitória, São Desidério, São Félix do Coribe, Serra Dourada, Tabocas do Brejo Velho, Urandi e Wanderley.
Fonte: Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional da Codevasf

Deixe uma resposta